Mostrando postagens com marcador pesquisa eleitoral. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador pesquisa eleitoral. Mostrar todas as postagens

Pesquisa eleitoral

Ontem duas pesquisas eleitorais para eleição presidencial deste ano "bombaram"!
Uma do *DataChrurrascaria a outra do *DataEstádio.
O levantamento apontou uma péssima tendência para Bolsonaro, a rejeição a ele não para de crescer.
*Créditos para Geovani de Moraes
Voto útil para derrotar o inútil

Pesquisa presidencial BTG/FSB


Conforme dados de pesquisa do Instituto FSB, feito sob encomenda do banco BTG/Pactual, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aumentou a vantagem de intenções de votos para ser eleito pela 3ª vez presidente da República do Brasil.

Na pesquisa estimulada, Lula cresceu cinco pontos percentuais em relação ao levantamento realizado em 25 de abril. O presidente Jair Messias Bolsonaro estagnou e permanece com os mesmos números da pesquisa do mês passado.

Se a eleição fosse hoje Lula seria eleito no primeiro turno com 51% dos votos válidos.  
Lula presidente 2022

Pesquisa Sensus: Lula venceria no 1º turno

 Nova pesquisa Isto É/Sensus divulgada hoje, quarta-feira, 13 de abril mostra que o ex-presidente Lula seria eleito no 1.º turno com 50,8% dos votos válidos (forma que o TSE divulga o resultado da eleição). Vamos aos números:

  • Lula (PT) 43,3%
  • Bolsonaro 28 (PL) 28,8%
  • Ciro Gomes (PDT) 6,3%
  • João Dória (Psdb) 2,6%
  • André Janone (Avante) 2%
  • Vera Lucia (Pstu) 1,1%
  • Simone Tebet (MDB) 0,8%
Foram entrevistados 2.000 (dois mil) eleitores (as) entre os dia 8 e 11. A margem de erro é de 2 p.p.

Ibop: 1° Pesquisa da eleição presidencial 2022

Resumo da pesquisa, voto espontâneo:
Lula 50%
O verme 25%
O juiz ladrão 8%
Ciro Paris Gomes 8%
Nanicos 9%
Os números acima são dos votos válidos, como o TSE apura e divulga o resultado da eleição. 

DataFolha: se a eleição fosse hoje Lula venceria no 1º turno

 Esta semana saíram três pesquisas sobre a eleição presidencial do ano que vem. A primeira foi a do ModalMais/Futura Inteligência, a segunda do Ipec - antigo Ibope -, e a terceira que saiu hoje foi do DataFolha. Todas indicam a tendência de Lula ser eleito no 1º turno.

Os números do DataFolha de hoje são:

Cenário 1 

  • Lula 48% 
  • Bolsonaro 22%
  • Sérgio Moro 9%
  • Ciro Gomes 7%
Lula 48 p.p todos outros 38 p.p
Cenário 2
  • Lula 47%
  • Bolsonaro 21%
  • Sérgio Moro 9%
  • Ciro Gomes 7%
  • João Dória 3%
Lula 47 p.p todos os outros 40 p.p

A pesquisa foi realizada entre do dia 13 a 16 de dezembro e entrevistou 3.666 eleitores em 199 municípios do Brasil. A margem de erra é de 2 pontos percentuais e a margem de erro é de 5%.



Lula venceria eleição no 1º turno, aponta nova pesquisa Ipec

 Pesquisa Ipec divulgada hoje terça-feira 14 de dezembro mostra que Luiz Inácio Lula da Silva seria eleito no primeiro turno da eleição 2022, com 27 p.p. sobre o candidato a reeleição Jair Bolsonaro.

No primeiro cenário Lula teria 55,8% dos votos válidos, o segundo colocado, Jair Bolsonaro teria 21%.

No segundo cenário, com menos candidato Lula venceria com mais facilidade 57% contra 22% de Bolsonaro.

O levantamento do Instituto foi realizado de 9 a 13 e entrevistou 2.002 pessoas em 144 municípios. A margem de erro é de 2,2 p.p para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Veja Lula


Lula mantém favoritismo para 2022

 Pesquisa ModalMais/Futura Inteligência divulgada hoje terça-feira 14 de dezembro mostra que o ex-presidente Lula mantém o favoritismo para ser eleito presidente da República brasileira pela terceira vez. Ele lidera todos os cenários para o primeiro e segundo turno da eleição 2022.

No principal cenário de 1º turno, Lula marca 37,9% das intenções de voto, ante 30,6% de Jair Bolsonaro (PL) e 9,8% de Moro. A seguir aparecem Ciro Gomes (PDT), com 6,4%, e João Doria (PSDB), com 3,3%. Os demais nomes considerados – Cabo Daciolo... Leia mais>>>



Nova pesquisa: Lula vence no 1º turno



Pesquisa da consultoria Quaest divulgada hoje quarta-feira 08 de dezembro de 2021, confirma o favoritismo do ex-presidente na eleição presidencial de 2022. O petista lidera todos os cenários e venceria no primeiro turno. 
Cenário 1
Lula 46%
Bolsonaro 23%, Moro 10%, Ciro 5%, Rodrigo Pacheco 1%, Felipe D'avila 1% Total = 42% 

Cenário 2
Lula 47%
Boslsonaro 24%, Moro 11%, Ciro 7%  Total = 42%

Cenário 3
Lula 48%
Bolsonaro 27%, Ciro 8%, Pacheco 2% Total = 37%

Cenário 4
Lula 47%
Bolsonaro 27%, Ciro 7%, Doria 5%  Total = 39%

Carta Capital - Na etapa final da eleição, Lula também confirma o favoritismo, variando de 53% a 58% das intenções de voto a depender do adversário.

Contra Bolsonaro, o petista teria 55%, enquanto o ex-capitão teria 31%; Contra Moro, Lula fica com 53% contra 29% do... Leia mais em https://www.cartacapital.com.br/politica/em-nova-pesquisa-lula-vence-todos-e-bolsonaro-nao-ganha-de-ninguem-no-2o-turno/. O conteúdo de CartaCapital está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Essa defesa é necessária para manter o jornalismo corajoso e transparente de CartaCapital vivo e acessível a todos

Eleição 2022: Lula lidera com folga

Brasil 247 - Pesquisa XP/Ipespe, feita de 25 a 28 de outubro e divulgada nesta quarta-feira (3), aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera as intenções de voto, com 42% do eleitorado. Jair Bolsonaro fica em segundo lugar, com 28%. Os dados foram publicados pelo jornal Valor Econômico.

Na sequência aparecem o ex-ministro Ciro Gomes, do PDT (11%), o governador de São Paulo, João Doria, do PSDB (4%), o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (3%), e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), 2%.

No cenário que inclui o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, também do PSDB, Lula alcança 41%, seguido por Bolsonaro (25%) e por Ciro (9%). Depois aparecem Sérgio Moro (8%), e, com 3% cada, estão Mandetta, o apresentador José Luiz Datena e Eduardo Leite. Pacheco atinge 2% e a senadora Simone Tebet, do MDB, 1%.

Segundo turno - Na simulação de segundo turno, Lula vence todos os candidatos. Contra Bolsonaro, o petista ganha por 50 a 32%.

Contra Moro, Lula vence por 52% a 34%. Na disputa com Ciro, o ex-presidente atinge 49%, ante 29% do pedetista. 

Em disputa contra Doria, Lula receberia 51% e o tucano, 27%. Com Eduardo Leite, o resultado seria de 50% a 28%.

O levantamento foi feito com 1.000 entrevistados com 16 anos ou mais, em todas as regiões do país. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou menos e o intervalo de confiança é de 95,5%.

P.S - Vamos trabalhar pra eleger Lula é no primeiro turno. Não é fácil, mas é possível.

pesquisa XP/Ipespe

Lula X Jair Bolsonaro
51%     32%

Lula X Ciro Gomes
49%    31%

Lula X Sérgio Moro
49%    34%

Lula X Eduardo Leite
51%      27%

Todas pesquisas para eleição presidencial de 2022 apontam para Lula ser eleito no primeiro turno. Esta é a tendência. Não duvido que se confirme. Seria bom para o país.

Você Populi

Lula é franco favorito em 2022.

Se o pleito fosse hoje ele seria eleito no primeiro turno com a vantagem de 19 p.p. para o segundo colocado.

Nenhuma surpresa.

Vida que segue.

Datafolha: tendência é Lula ser eleito no 1° turno


Pesquisa Datafolha indica tendência de vitória de Lula já no primeiro turno

Lula

247 – A pesquisa Datafolha sobre sucessão presidencial, que mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com 41% dos votos totais, contra 23% de Jair Bolsonaro, 7% do ex-juiz condenado pelo Supremo Tribunal Federal Sergio Moro, 6% de Ciro Gomes, 4% de Luciano Huck e 3% de João Doria, além de 2% de Henrique Mandetta e João Amoedo, não revela toda a realidade. Neste cenário, a Folha incluiu dois personagens que já deixaram claro que não disputarão as eleições, que são Moro e Huck. Mesmo assim, Lula já teria praticamente 48% dos votos válidos, ou seja, estando muito perto de uma vitória em primeiro turno.

Num cenário hipotético em que todos os votos de Moro migrassem para Bolsonaro e apenas 30% dos votos de Huck migrassem para Lula, o ex-presidente já teria mais de 50% dos votos válidos – o suficiente para vencer a eleição em primeiro turno. Portanto, o Datafolha não pesquisou o cenário mais realista, que traria a segunda manchete, ainda mais impactante. Depois de 580 dias como preso político, Lula venceria as eleições presidenciais em primeiro turno.