Mostrando postagens com marcador Twitter. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Twitter. Mostrar todas as postagens

Twitter da manhã

Triste demais aquele aúdio de uma criança de 11 anos ligando para 190 (Polícia) pedindo comida porque não tinha nada em casa para comer. Me partiu o coração... só não sei se aconteceu em Cuba ou na Venezuela... malditos países socialistas.

Carlos Bolsonaro chama o pai de Palhaço

 

Hoje de manhã cedo Carlos Bolsonaro publicou uma sequência de tuítes sem pé nem cabeça, o que combina com os fanáticos que apoiam a famiglia nonsense. Confira abaixo os delírios matinais do Carluxo:

  1. "A tentativa diária de absorver os eleitores do BOZO se descolando do BOZO vai muito além da vaza jato. Isso é cristalino e óbvio. Ninguém é cego! Chega disso! Ainda há tempo para todos sem problema algum, e jogando na bola o Brasil ganha!”, comentou Carluxo."
  2. "Não há donos da verdade. Me dirijo aos que têm bom senso, pois os que ignoram o possível sombrio futuro do Brasil e podem ter seus planos de maneira muito mais confortável e que se utilizam da inocência dos que sofrerão as reais consequências é algo que não me parece justo"
  3. "A utilização de discursos fáceis a essa altura do campeonato é algo notoriamente desleal e se eximir desse processo só mostra que alguns estão preocupados somente com seu próprio ego e não com o que poderia minimizar os catastróficos impactos das variáveis políticas postas".
O baixo nível dessa gente é incrível. Mais incrível ainda é a quantidade de admiradores e seguidores nas redes sociais. Sinceramente, não imaginava que no país tivesse tantos idiotas.

Twitter da manhã

 

Quem chama o verme de "Mito" é caso perdido, nem perca seu tempo tentando colocar alguma racionalidade na cabeça dele. Certamente uma pessoa que considera o imundo um mito é alguém absolutamente sem noção, não tem nemhum senso da realidade. Triste!

Twitter da manhã


Se o Geraldo Alckmin como vice me ajudar a governar, não vejo nenhum problema dele ser meu vice, as divergências (pessoais e política) serão colocadas de lado, porque o desafio, mais que ser eleito, é governar e consertar o Brasil. Eu quero recuperar esse país. Queremos ser o país dos livros, da felicidade e do amor.

@LulaOficial

Twitter da manhã