Antiraças

Cuidador de coração

- O que é que fazes?
- Sou cuidador de corações.
- Cuidador de corações?
- Sim.
- E o que é que faz um cuidador de corações?
- Quando os corações estão feridos ou magoados, precisam de alguém que os ouça. Eu ouço. Precisam de ternura. A ternura ajuda a cicatrizar as feridas. Quando os corações estão partidos, precisam de alguém que os ajude a apanhar os bocadinhos que caem no fundo da alma. Eu ajudo. Quando os corações estão pisados, precisam de alguém que lhes dê colo. Eu dou. Quando não conseguem adormecer, eu embalo-os e conto-lhes histórias. Conto histórias do que será. Os corações precisam de esperança… Quando os corações estão desanimados, eu abro o meu e mostro-lhes que há sempre uma razão pela qual um coração tem de bater.

Elisabete Bárbara, in lado.a.lado
Ilustr. Charles H. Geilfus (Alemanha, 1890-1956)

Nenhum comentário: