EUA, OTAN, Rússia e as guerras

Sou contra todas as guerras e não apenas a algumas.
"É lamentável que, na segunda década do século 21, a gente tenha países tentando resolver suas divergências, sejam territoriais, políticas ou comerciais, através de bombas, de tiros, de ataques, quando deveria ter sido resolvido numa mesa de negociação". Lula 

Não tem desculpa

Quando me perguntam: "Você vai continuar com essa chatice contra quem votou no Bolsonaro? Você precisa aceitar a opinião dos outros!
Eu respondo: Eu não tenho que aceitar nada!
Seu voto tirou a aposentadoria das pessoas;
Seu voto colocou mais veneno no meu prato;
Seu voto desmatou algumas Dinamarcas em 5 meses;
Seu voto entregou as nossas riquezas para os estrangeiros;
Seu voto sabotou a educação pública, do ensino básico à pesquisa científica;
Seu voto cortou medicamentos do SUS;
Seu voto extinguiu o departamento de AIDS do SUS (referência mundial em controle da doença);
Seu voto colocou minorias em risco;
Seu voto liberou armas de fogo para uma população raivosa;
Seu voto deu carta branca para a polícia condenar sem julgamento;
Seu voto bate continência para a bandeira americana;
Seu voto chacina aldeias indígenas;
Seu voto não respeita o meio ambiente;
Seu voto é violento, homofóbico, racista, ignorante, vexaminoso, fascista, e o mundo inteiro avisou;
Seu voto é imperdoável;
Seu voto está causando problemas irreversíveis;
Mesmo que eu quisesse, eu não saberia parar de mostrar o mal que você fez.
Ou seja: não, eu não vou parar.
Seu voto está destruindo a educação no Brasil.
Seu voto está adoecendo as pessoas que sofrem ao ver tanta injustiça sendo cometida.
Seu voto matou projetos acadêmicos e profissionais de milhões de pessoas.
Seu voto pode jogar o Brasil numa guerra civil.
Seu voto transformou meu país em motivo de chacota no mundo inteiro.
Seu voto destruiu a possibilidade de construção de uma sociedade mais justa.
Não, não tem desculpa!
Você sabia!"
( Texto de Beatriz Cunha )

Twitter da manhã


Se o Geraldo Alckmin como vice me ajudar a governar, não vejo nenhum problema dele ser meu vice, as divergências (pessoais e política) serão colocadas de lado, porque o desafio, mais que ser eleito, é governar e consertar o Brasil. Eu quero recuperar esse país. Queremos ser o país dos livros, da felicidade e do amor.

@LulaOficial

Frase da manhã

O fascista fala o tempo todo em corrupção. Fez isso isso em 1922 na Itália, em 1933 na Alemanha, no Brasil em 54, 64 e de 2003 a 2016 durante os governos Lula e Dilma. Ele acusa, insulta e agride, como fosse puro e honesto. Mas o fascista é um criminoso comum ou um sociopata fazendo politicagem. No Poder a extrema-Direita Mata, Tortura, Rouba sua carteira, seus Direitos e sua Liberdade. Além de ser Corrupto o fascista é Mal.

Golpe parlamentar?


 

Nada mais volúvel que coração de Mãe

 

Certa feita perguntaram a uma Mãe qual era o seu filho predileto, qual deles ela mais amava. Deixando escapar um sorriso, disse: ""Não existe, algo mais volúvel que coração de Mãe. E, como Mãe te respondo: O filho preferido, aquele que me dedico inteiramente, de corpo e alma... 

  • É o meu filho doente, até que fique sã
  • O que não está em casa, até que retorne
  • O que está cansado, até que descanse
  • O que está com fome, até que se alimente
  • O que está com sede, até que sacie
  • O que está com frio, até que se agasalhe
  • O que está desempregado, até que esteja empregado
  • O que está endividado, até que honre seus compromissos
  • O que chora, até que ria, gargalhe
E, com o semblante tristonho, encerrou: O que me deixou...até o dia do reencontro.
por Erma Bombeck

***

@LulaOficial vamos governar exatamente como faz toda Mãe, cuidando de quem mais precisa. Vamos fazer mais e melhor que nos dois primeiros mandatos. Acredite!

Faz sentido

 

Táticas da burguesia na disputa eleitoral, por Julian Rodrigues

As   diversas táticas da burguesia na disputa eleitoral 

O adágio popular ensina: “nunca coloque todos os ovos na mesma cesta”. É nessa vibração que as    classes   dominantes brasileiras tem operado a disputa eleitoral de 2022.
Torcendo o nariz ou não, o grosso da burguesia apoiou Bolsonaro em 2018.  Uma parte importante segue   ainda   apoiando o capitão e vai respaldá-lo de novo   na contenda atual. Essa é a tática primeira.
A segunda opção é o sonho da terceira via  (na  prática  uma    candidatura  neoliberal mas não neofascista). A Faria Lima sem os exageros bolsonaristas. Não está fácil configurar e impulsionar essa alternativa. 
Alckmin fez menos de 5% em 2018. Doria pontua nessa margem. Não se fazem mais tucanos eleitoralmente competitivos no pleito presidencial!
Outra   operação   do andar de cima é incidir sobre a candidatura, o programa e as ações de um provável   futuro governo Lula.  Assegurar Alckmin como vice do petista é vitória que   anima demais a turma da bufunfa.
O   reiterado   favoritismo   de Lula nas pesquisas tem enfraquecido a tática da terceira via. E desidratado o endosso dos ricaços   à reeleição   do atual presidente. 
A turma que realmente manda já precificou a eleição de Lula. E trabalha, desde já para impedir que o novo governo seja democrático-popular.  Incidem em tudo. 
Ah, mas Lula não fez nova “Carta aos Brasileiros”.  Fez sim, ora. A carta em 2022 anda, influencia, fala, opina. E tem peso político extraordinário:  atende    por   Geraldo, o vice?
Quer dizer que abandonaram Doria e Moro?  Não, longe disso. Doria, em condições normais de temperatura e pressão seria o candidato natural dos caras. 
Só que o PIG (homenagem ao saudoso Paulo Henrique Amorim) foi quem criou o juiz justiceiro e todo   culto à   operação   Lavajato. Como abandonar de vez o Moro (mesmo com as repetidas demonstrações    de   que  o sujeito não passa de um semianalfabeto sem nenhum carisma?)
Ou seja: as classes dominantes seguem pragmaticamente com Bolsonaro, embora boa parte adoraria eleger Doria e  outra   ficaria feliz demais com Moro. 
Para nós, da esquerda, o desafio é enfrentar essa burguesia mais realista -     que já aderiu ou finge aderir a Lula.  
Hiper-pragmáticos   esses setores das   elites   estão de olho em como continuar ganhando o que ganham e focadas nas brechas para influenciar, inspirar, neutralizar e manejar o centro das políticas de um terceiro governo Lula.
O desafio imediato para nós, socialistas que lutamos por mudanças estruturais   é incidir no programa, nas propostas da candidatura Lula. E ter força na campanha eleitoral, para que não seja algo morno, sem demarcação.  E   o mais complicado: disputar um provável terceiro governo Lula,   lutando  para que seja instrumento de mudanças.
Não basta reconstruir. É preciso transformar o Brasil.  
A desgraceira que o bolsonarismo representa dá um sentindo de urgência a todos nós.  Derrotar o neofascismo e voltar a um mínimo de normalidade democrática, quanto mais rápido for possível.
Ocorre que o neofascismo bolsonarista veio acoplado ao neoliberalismo do Paulo Guedes. Precisamos derrotar ambos. A candidatura Lula será um movimento arrebatador, de baixo para cima.
Lula lá: para mudar o país profundamente.  A burguesia já está de olho nesse cenário. Já está operando. Trabalham a favor de   um reeditado lulinha paz e amor  - com os ricos. Um governo que não mude nada de importante.
2022 não é 2002, entretanto. 
A crise é muito mais profunda e generalizada. Idem as expectativas do povo por um tempo melhor.  Por rápidas mudanças.
É Lula de novo ancorado nesse impulso transformador. Com apoio popular. 
Re-constitucionalizar o país.   Desfazer todas as maldades de Temer e Bolsonaro. Começar a executar um programa radicalmente transformador, focado não apenas nas políticas públicas distributivas e no crescimento econômico. 
Terceiro governo Lula será   sem medo de ousar nas reformas estruturais –até   para   não abrir espaço para outro golpe. E também porque sabemos agora que em poucos anos as conquistas se dissipam se não estiverem lastreadas em uma arquitetura radicalmente   transformadora.
Julian Rodrigues 

Empatia, por Orlando De Souza

EMPATIA – Uma crônica

O maior desafio da atividade humana é o conhecimento.
E o conhecimento da humanidade pela atividade humana é o desafio dos desafios.

Nisto consiste o sentir a dor do outro.

Porque cada um de nós é único na forma do sentir.
Somos, por exclusividade, sozinhos nas nossas dores.

Em que pese os esforços da filosofia, da psicanálise e das religiões.

A ciência sempre buscou o contato com a diferença, porém o máximo a que chegou foi descobrir que a gente é capaz de se importar.

Nunca foi fácil, todavia. 

E com a disseminação do ódio institucionalizado, tem ficado ainda mais difícil conhecer o outro, conhecer o seu mundo.
O importar-se com ele, com sua dor.  
Romantizar a morte de 650 mil pessoas é trágico e é sórdido.

Um horror!

Romantizar é naturalizar o que não é natural. É achar normal a violência, é não se importar nem se sensibilizar com os sepultamentos em valas comuns, normalizar a negação da ciência e os crimes cometidos contra a vida pela autoridade mor da República. 

Nós não podemos banalizar a estupidez. 
A barbárie não pode nos embrutecer! 

Entretanto, o fato de a gente não se deixar embrutecer não implica sair por aí romantizando aquelas histórias melosas onde os personagens morrem de amor.

A gente também romantiza a história dos pais analfabetos que conseguiram alfabetizar os filhos, ser esteio e chão da família mesmo tendo seus mais elementares direitos espoliados ao longo de uma vida. 

Dor alguma pode ser romantizada. Romantizar é disfarçar a indiferença, sobretudo em relação à miséria e os miseráveis. 

Portanto, parem de romantizar a pobreza! 

Ser desempregado dói. Sentir fome dói. Ser pobre dói. Não ter acesso à educação dói.

Desde quando é bom ser pobre?
Alguém aí sabe?

As pessoas atuam em diferentes sintonias, não há dúvida. 
Não fôssemos tão exacerbados em nosso narcisismo, haveria menos dificuldades nas nossas relações com os outros.
Ainda que nada nos garanta sentir ao outro.

Não é possível acessar a dor de uma pessoa, mas podemos nos inclinarmos à ideia de simpatia e ter EMPATIA pelo seu sentimento.

Temos que exercitar a empatia uns pelos outros porque isso nos torna menos orgulhosos e egoístas.

Quando nos colocamos no lugar do outro fica mais fácil  compreendê-lo. 

Quando nos colocamos no lugar do outro, temos a efetiva oportunidade de amar ao invés de nos armar!

Quando nos colocamos no lugar do outro, desenvolvemos a compaixão, e procuramos fazer algo para amenizar seu sofrimento. 

Quando nos colocamos no lugar do outro, expandimos nossa capacidade de amar e de entender que fazemos parte de uma imensa família. 

A empatia nos torna mais humanos, mais próximos da realidade do outro, de suas dificuldades e de seu caminho. 

O hábito de colocar-se no sentimento de alguém, é um grande recurso de que dispõe o homem novo para suas conquistas espirituais elevadas. 

É chegado o momento das grandes modificações, das grandes revoluções no interior do homem, e a empatia está lá, como excelente agente de transformação moral. 

A máxima revolucionária é agirmos conforme aquilo que desejamos para nós mesmos. 

Sentir pelo outro.
Importar-se com ele... 

(Orlando De Souza)

A importância do PT para Lula

 

Boa Noite!

Feliz aquele que tem sapiência para agradecer todos os dias pelo milagre de estar vivo
E não somente sobrevivendo.
Boa Noite!

A verdade sobre a transposição do São Francisco

 

Embolada da Carestia, por Rolando Boldrin


Aperta o nó da carestia, aperta tudo pra fazer economia...
Senhor Brasil (2013)

Meme do dia

Eles tentaram nos enterrar, não sabiam eles que somos sementes. Enterrados, germinados, crescemos, florescemos e damos excelentes frutos. 

Itaú, Badesco e Santander estão com Bolsonaro

 Os três maiores bancos privados do Brasil lucraram juntos 69,4 bilhões em 2021. 

O Santander lucrou 16,35 bilhões de reais no ano passado, 21% a mais que em 2020.

O Bradesco lucrou 26,22 bilhões de reais no ano passado, 34,7 a mais que em 2020.

O Itaú lucrou 26,88 bilhões de reais no ano passado, 45% a mais que em 2020.

O que estes três bancos tem em comum, além de apoiar incondicionalmente a política econômica neoliberal?

Respondo: defendem a "independência do Banco Central".

Pergunto: independência de quem, do que, se a diretoria do BC consulta os presidentes dos bancos privados para estabelecer a selic...

É raposas cuidando do galinheiro. É mais, são hienas gerando e degustando de carniças, de porcarias. E o que são estas carniças, estas porcarias?

A miséria humana! 




Lula parabeniza o PT nos seu 42º aniversário


 

Tijolaço do dia, por Fernando Brito

Jõao Dória e Sérgio Moro disputam o "Troféu Losser de 2022"

Parece que Sérgio Moro e João Dória travam uma ferrenha disputa para ver que se torna a maior decepção para os que acreditavam que fossem ser alternativas viáveis a Bolsonaro nas eleições presidenciais.

Os índices patéticos do governador paulista nas pesquisas e a incapacidade do ex-juiz em articular-se na política com alguma coisa que preste — e o MBL está incluído nisso — estão se refletindo naquilo que os gaúchos chamam de “crescer feito cola (cauda) de cavalo”: para baixo.

E a origem de suas agruras, tenha certeza, está em outro ditado popular, sobre quem foi buscar lã e saiu tosquiado.

Heróis da mídia e do antipetismo, acharam, em 2018, que poderiam facilitar seu caminho ao poder na garupa de Jair Bolsonaro: afinal, tosco, grosseiro, ignorante frente aos luminares que a dupla achava ser, acabariam por ser seus fiadores, que o abandonariam quando quisessem e lhes fosse conveniente.

Sugariam Bolsonaro, mas eles é que foram sugados, por não compreenderem que o núcleo de seus apoios vinha exatamente daquilo que realmente lhes dava suporte: a direita insana, preconceituosa, reacionária que, afinal, permanece com Jair Bolsonaro.

Estão lá os eleitores que estariam com Dória ou com Moro não fosse o fato de que Jair Bolsonaro representa melhor o ódio, a intolerância e a conformação excludente da sociedade.

O dois são vistos, agora, pelos seus apoiadores de ontem, como “traidores” da seita bolsonarista e secam à margem dela, malditos que foram.

Suas semelhanças com Bolsonaro reduziram-se aos índices de rejeição porque, além dos que repelem os bolsonaristas que foram são rejeitados também por não o serem mais.

Agora, passaram a ser “rifados” dentro de seus partidos: Dória pelos “viradores de mesa”, os derrotados das prévias. Moro pelos deputados do Podemos que, já nem tão discretamente, querem empurrá-lo para o União Brasil.

Fernando Brito - Tijolaço

***

Fernando Brito esqueceu de incluir Ciro Paris Gomes na disputa do "Troféu Looser de 2022".

Parabéns de Lula aos 42 anos do PT

 Hoje o PT completa 42 anos lutando contra a fome, por inclusão social, cidadania, direitos para os trabalhadores, por mais educação, saúde e dignidade para o povo brasileiro. Tem programação ao vivo nas redes do PT o dia todo e eu participo 18 horas. #PT42Anos pic.twitter.com/Y2PB6KKzmS

Ao vivo | Programação especial em comemoração aos 42 anos do PT

Aniversário de 42 anos do PT

 O PT celebra seus 42 anos numa live que contará com a participação dos ex-presidentes Lula e Dilma. 

Um dos destaques do evento será o lançamento dos Comitês Populares (CP) para organizar as bases e fortalecer a presença de Lula e do partido nas redes sociais.

Com seu pré-candidato em primeiro lugar nas intenções de voto para eleição presidencial e vários nomes do partido bem colocados na disputa de governos de Estados e vagas para o Senado a Comemoração do PT é mais que justa.




A maldade do dia

 


O presidente Jair Bolsonaro vetou o projeto de lei que tornava obrigatório a cobertura pelos planos de saúde do tratamento domiciliar de uso oral contra o câncer. 

O PT votou pela derrubada do veto. O PT votou pelo direito dos pacientes. O PT votou para beneficiar quem está tratando-se desta dolorosa doença. Porém, a base do governo manteve o veto de Bolsonaro.

Isto deve ser de conhecimento principalmente de quem está fazendo tratamento. Se você tem algum parente, amigo, conhecido sofrendo desse mal, compartilhe. 


Mensagem da noite: Um dia no Céu


 Sonhei que morri e fui para o Céu, chegando lá fui muito bem recebido por São Pedro, que me levou para conhecer os vários setores existentes. Entramos numa sala repleta de Anjos, ele parou e disse: 

 - Esta é a Recepção. Aqui, são recebidas as orações com petições a Deus. Olhei e vi muitos anjos organizando pedidos e bilhetes escritos por pessoas de todo o mundo. Seguimos até chegarmos à segunda seção.

- Esta é a área de Embalagem e Entrega. Aqui, as graças e bênçãos solicitadas são processadas e entregues às pessoas que as pediram, disse o Anjo. Notei que, também ali, estavam todos muito ocupados, trabalhando intensamente, tal era a quantidade de bênçãos solicitadas e deveriam ser enviadas. Finalmente, paramos em frente a uma pequena área e, para minha surpresa, havia só um anjo sentado ali, desocupado, não fazendo nada. 

- Esta é a Seção do Reconhecimento, disse-me o Santo amigo, bem acanhado.

- Como é isso? Não há nenhum trabalho acontecendo por aqui? É tão triste. 

- As pessoas recebem as bênçãos que pediram, porém poucos enviam confirmação de reconhecimento. 

- E como se confirma que recebemos as bênçãos de Deus?

- Simples, basta dizer, Grato Senhor. 

- E quais bênçãos devem ser reconhecidas? 

- Se tens alimento em tua casa, roupas no teu corpo, um teto sobre sua cabeça. Se tens dinheiro num banco, em sua carteira e algumas moedas num cofrinho. Se você acordou hoje de manhã com mais saúde que doença és mais abençoado que os muitos que sequer sobreviverão a este dia. Se nunca sofreu o temor da batalha, a solidão da prisão, a agonia da tortura, nem as dores da fome. Se podes ir a uma igreja, Mesquita ou Sinagoga, sem o temor de apanhar, ser preso, torturado. Se teus pais estão vivos e casados. Se podes manter a cabeça erguida e sorrir, não és a norma, és um raro exemplo a tantos que estão em dúvida e em desespero, agradeça!

Ao ler esta mensagem, recebeste uma bênção dobrada, alguém pensou em ti, como um ser muito especial, e és mais abençoado que dois bilhões de pessoas no mundo que absolutamente não sabem ler. 

O que podes fazer?

Tenha um bom dia! Conte tuas bênçãos e, se teu coração assim quiser, passe esta mensagem a outros, para lembrá-los de como são abençoados.  Ah! por alguns instantes somente, pare o que está fazendo e envie a mensagem ao Departamento de Reconhecimento Divino.

"Agradeço Senhor! Agradeço por tudo o que tenho e por me dar o privilégio de compartilhar.”

Porque o nazismo é crime e o comunismo não, por Tico Santa Cruz


 Então vamos lá acabar com esta confusão mal explicada sobre comunismo e nazismo.

Nazismo é sobre impor a humanidade uma RAÇA superior. Exterminando assim todas as outras RAÇAS que não sejam arianas: Judeus, Ciganos, Pretos, latinos (você meu irmão e minha irmã brasileira).
Nazistas acreditavam que poderiam criar uma população livre de pessoas com qualquer tipo de deficiência física ou mental matando elas.
E o mundo seria composto por super homens e super mulheres, física e intelectualmente de acordo com as premissas NAZISTAS de Hitler.
Comunismo é sobre ECONOMIA; sobre o proletariado deter os meios de produção.
Enquanto no CAPITALISMO a elite econômica explora o trabalho de milhões de pessoas pagando salários muito baixos ou escravizando pessoas para obter Lucro, segundo Marx os trabalhadores deveriam se organizar e obter os meios de produção dividindo entre todos o que foi gerado.
No Comunismo não importa a sua raça.
Agora vamos à confusão e ao problema:
DITADURAS são sobre Governos autoritários que tiram as liberdades de seu povo em nome de um objetivo que faz parte do grupo que chegou ao poder.
TODA DITADURA É CRIMINOSA, seja de direita ou de esquerda e devem ser criticadas.
Por que então o Nazismo é crime e o Comunismo não?
Porque os conceitos são diferentes.
As motivações são diferentes.
Marx não estimulava ninguém a exterminar outras pessoas por sua origem, gênero ou raça.
Hitler sim!
O Comunismo é um sistema econômico.
Bom?
Eu não acho.
O Nazismo é um sistema de crença numa RAÇA SUPERIOR.
Bom?
Nem precisamos responder, porque é óbvio que não deve ser nem cogitado.
A maneira como o Comunismo foi implementada por ditaduras Matou muitas pessoas?
Sim! Por conta da forma como esses líderes fizeram a leitura e instauraram em seus países.
Então condenam-se os líderes e não o conceito.
Já no Nazismo a premissa é o EXTERMÍNIO, não há outro objetivo. Por isso é crime.
Ficou claro?
Você não gosta de comunismo e nem de Nazismo?
Eu também não.
Mas um comunista não vai tentar te matar porque você é judeu, preto, cigano, latino, pessoa com Deficiência…
Já um Nazista vai!
Estuda gente!

Luiz Guilherme Brunetta Fontenelle de Araújo (Tico Santa Cruz), cantor, compositor e fundador da banda de rock Detonautas

Entrevista de Lula a Rádio Brasil Campinas

 

Vou conversar com tudo mundo


Eu quero, e vou conversar com todo mundo. Vou conversar com o trabalhador e com o patrão. Vou conversar com o bancário e com o banqueiro, com o trabalhador rural e com o fazendeiro. Vou conversar com todo mundo (exceto fascistas e nazistas) para reconstruir esse país destruído depois do Golpe contra a presidenta Dilma Rousseff.

@Lulaoficial

Pesquisa presidencial Quaest/Genial divulgada hoje


Lula 51%

Bolsonaro 26%

Sejumoro 8%

Ciro Gomes 8%

Nanicos 8%

Se a eleição fosse hoje não haveria 2º turno. O ex-presidente Lula venceria no 1º.

Os números acima são dos votos válidos, como o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apura e divulga e diploma o eleito.





Antiraças

 Não Sou apenas antiracistas, sou antiraças

Não reconheço a raça

Vermelha
Amarela
Branca
Preta
Azul ou qualquer outra cor com que queiram definir uma raça
Sou um negacionista racial 
Para mim só existe a raça humana 
Igual um arco-íris 
Multicolorida
Multicultural
Multifisico 
Multiespiritual 
E viva nossas diferenças 
Morte seria se fossemos iguais 
Iguais tem de ser os direitos, os deveres, as oportunidades e o respeito 
Que assim seja um dia e para sempre 
Amem!

Twitter da manhã

 

Oração da manhã


Obrigado Senhor

Pelo pão de cada dia

Pelo lar que me acolhe

Pela família e amigos que tenho

Pela Tua proteção e zelo e daqueles que estão no outro plano

Obrigado Senhor

Minha oração é esta

Que na sua essência se resume numa palavra

Gratidão.

Amém!

Ibop: 1° Pesquisa da eleição presidencial 2022

Resumo da pesquisa, voto espontâneo:
Lula 50%
O verme 25%
O juiz ladrão 8%
Ciro Paris Gomes 8%
Nanicos 9%
Os números acima são dos votos válidos, como o TSE apura e divulga o resultado da eleição. 

Recordar é viver

Lula e Dilma, Pai e Mãe da transposição do São Francisco

 

Meme do dia

 

Esse verme pode ler e reler mil vezes qualquer livro que tenha utilidade e não conseguirá aprender coisa alguma. Isso tem tanta inteligência quanto esponjas ou pepinos-do-mar. 

Economia: Se...

 Se fosse eu desde já estaria avisando aos interessados em adquirir a Eletrobras a preço de banana em fim de feira e fim de governo que, eleito presidente Lula reestatizara a empresa pelo mesmo valor e forma que foi comprada, nenhum centavo a mais. 

Quem avisa amigo é! 


Bananinha derrotado, por Adelita Monteiro

 

Adelita Monteiro - pré-candidata ao governo do Ceará pelo Psol. Se o PT não tiver candidato ao Palácio da Abolição este ano, voto nela.

Sobre abuso de autoridade

 O "ex-juiz ladrão" (Sérgio Moro) e o "pivete" (Deltan Dallagnol) estão ameaçando o sub-procurador Lucas Furtado, do Tribunal de Contas (TCU) por abuso de autoridade. O engraçado dessa estória é que a Lei sobre abuso de autoridade é de autoria do senador Renan Calheiros (PMB/AL), e quando da sua tramitação a quadrilha de Curitiba fez tudo para que ela não fosse aprovada.

A Terra não rola, capota.



Post para brasileiros que não ganham em dólar

 

Se você não recebe salário em dólar, esse post é para você


Você recebe o seu salário em dólar? Não? Então, já se perguntou por que alguns produtos que consumimos no dia a dia são dolarizados? Ou por que a alta do dólar afeta tanto o bolso do trabalhador?

A escalada dos preços da gasolina e do diesel é, sem dúvida, um dos maiores vilões do bolso do trabalhador brasileiro. E a razão disso é a vinculação do preço dos combustíveis ao dólar. A Petrobras de Bolsonaro adota a política de preço de paridade internacional (PPI), que alinha a dinâmica dos preços do combustível no Brasil ao mercado estrangeiro.

Desde o golpe de 2016, quando a dolarização foi adotada, o preço do combustível acumula uma alta superior à inflação e impacta diretamente nos preços dos alimentos no supermercado, no valor da passagem de ônibus e até na conta de energia elétrica. 

Segundo Daniel Kosinski, doutor em economia política internacional, essa inflação é o produto da dolarização oculta, da catastrófica administração de Paulo Guedes e Bolsonaro.

No setor alimentício, com o câmbio desvalorizado, grandes produtores rurais vendem seus produtos para o exterior e recebem em dólar. Para compensar esse desabastecimento, o país importa esses mesmos produtos, dolarizando os preços internos dos alimentos básicos.

desvalorização cambial também alcança o setor energético, pois parte da energia consumida no Brasil é gerada por termelétricas que consomem diesel e o custo do aumento desse combustível é repassado pelas concessionárias para as tarifas pagas pelo consumidor. 

Essa dinâmica é resultado direto das políticas macroeconômicas decorrentes de decisões do governo e do mercado, que privilegiam acionistas e mercados estrangeiros em detrimento dos interesses da população.

Na contramão dessa política agressiva que desvaloriza a moeda nacional e diminui drasticamente o poder de compra do cidadão brasileiro, Lula já disse que, se for candidato e ganhar as eleições, não manterá os preços dolarizados como estão hoje, causando dificuldades para a população, que fica sem dinheiro para adquirir o básico. 

“Acho que o acionista de Nova Iorque, os acionistas do Brasil têm direito de receber dividendos, quando a Petrobras der lucro. Mas, é importante que a gente saiba que a Petrobras tem que cuidar do povo brasileiro. Eu não vou enriquecer o acionista americano e empobrecer a dona de casa que vai comprar um quilo de feijão e paga um preço mais caro por conta do preço da gasolina”.

Propostas para o programa de governo de Lula

 Algumas ideias econômicas para o programa de governo de Lula (PT) que agradam bastante alguns economistas que participam do Grupo que aconselha o ex-presidente, confira abaixo:

  • Isenção do imposto de renda para quem ganha até 5.997,14 (salário mínimo necessário calculado pelo Dieese), reajustado anualmente
  • Limite de isenção com educação igual ao valor investido por cada estudante da escola pública
  • Limite de isenção com saúde igual valor gasto pelo SUS com cada cidadão brasileiro
Estes três tópicos são muito bem vistos por Lula. E, você o que acha destas propostas, concorda ou discorda? Deixe sua opinião nos comentários.





É preciso recuperar valores no Brasil

Oração da manhã, por Orlando Souza

Meme do domingão

A pergunta que não cala, por Luiz Carlos Azenha

Lula destaca o potencial agrícola brasileiro

Tijolaço dominical


A Petrobras e a estatal do árabe na Bahia

A Folha publica agora à tarde que a refinaria de Mataripe, na Bahia, promoveu em janeiro três reajustes e vende hoje gasolina e diesel a preços superiores aos praticados pelas refinarias da Petrobras.

Lucélia Santos, caiu na rede

A farsa de Guarujá vem de longe

 

Humor político

Depois do Editorial que afirmou ser uma "escolha muito difícil" escolher votar em Fernando Haddad ou em Bolsonaro em 2018 o "Estadão" diz que Lula defendeu a permanência do presidente no Planalto. Achando pouco estes disparates o jornaleco em editorial publicado hoje 6 de fevereiro, afirma que o "PT é inimigo da esquerda democrática".

É, pelo visto até instituições sofrem do mal de alzheimer.



Nota de pesar

 Maria Prestes, presente

O Brasil perdeu ontem sexta-feira (04), Maria Prestes, viúva do líder comunista Luís Carlos Prestes, aos 92 anos, mais uma vítima da covid. Sempre ativa em movimentos políticos, Maria foi uma das militantes mais importantes do Partido Comunista Brasileiro. Sem dúvida, sua coragem e valentia seguirão como legado na história brasileira e inspiração para todos e todas que lutam por liberdade, democracia e justiça social. Nossa eterna admiração e respeito!

por Elmano Freitas - deputado estadual (PT/CE)

Boa noite!

Caiu na rede

Tecla Duran: Dallagnol é o retrato do canalha, pilantra e sem vergonha

Este seu vídeo, Deltan, é o retrato do canalha, pilantra e sem vergonha. Abatido, magro (deve ser de muito jejum) com essa cara chorosa de desespero, parando o carro no meio da rua... Você sabe bem o que fez em conluio com o Russo - Sergio Moro. Você sabe que usurparam da função e corromperam o sistema judicial brasileiro. Esse é o mais puro retrato de desespero de quem tem medo de ser investigado!

As suas explicações tem alguns pontos constrangedores.

Para 'demonstrar' sua inocência apresenta três vídeos próprios… Tipo os 'PowerPoints' que você mesmo produzia para acusar os outros, agora se auto proclamando que é inocente. Realmente você é uma comédia. Você e o Russo nunca se preocuparam em provar nada. Acusaram sem provas, por mero interesse politico e pessoal sem qualquer preocupação com o devido processo legal.

Habituado a agir em conluio com o Russo e outros procuradores e autoridades, blindando companheiros de partido e atacando inimigos políticos, agora ousa atacar as autoridades que estão lhe investigando que supostamente estariam agindo combinados e que irá pedir indenização… Você é um verdadeiro safado e palhaço. O pilantra ainda quer faturar indenização…

O seu Telegram tanto usado para se comunicar com o Russo e com o Kremlin [apelido dado pela Lava Jato ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região] revelou que você é uma figura abjeta que manchou de maneira indelével o MPF e o direito brasileiro. Não se prestou nem para acusador, nem fiscal da lei, porque inúmeras vezes, como verdadeiro canalha que você é, ria gozando das pessoas que você perseguia munido da sua 'carteirada'. Agora com essa cara chorosa, preocupado, magro ainda quer se eleger deputado para tentar se salvar de todos os crimes que praticou junto com seu companheiro de partido, o Russo".

Charge sabática

Você tem chifre de capeta, rabo de capeta, garfo de capeta 
E atitudes de capeta, como vai convence-los que não é um?

- Ah, isso é muito fácil: 
eu digo que sou cidadão de bem, defensor da família, da moral e dos bons costumes religiosos.

Oração da manhã, por Orlando Souza

 


Orlando Souza

Pra desopilar

A mulher chega na beira do lago, tira a roupa e se começa entrar nágua, quando chega o guarda e diz:

— É proibido entrar nesse lago.

—  Por que, o senhor não avisou antes que eu tirasse a roupa? Perguntou a mulher. E o guarda mais do que sonso:

—  Porque tirar a roupa na beira dágua não é proibido senhora.

Boa noite! 



Aneel abre consulta pública para socorrer distribuidoras

 Em 2020 o governo federal socorreu o setor elétrico com 15,3 bilhões de reais por supostas prejuízos causados pela pandemia do Covid 19.


Em 2021 a conta de energia elétrica acumulou alta de 114%, diante dos 48% da inflação no mesmo período. Os dados são da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel). Segundo a entidade, a energia elétrica residencial teve um aumento médio anual de 16,3% entre 2015 e 2021.

Resumindo e simplificando: ano passado o setor elétrico teve um aumento de tarifa real (acima da inflação) de 66%. E, sabe de quanto por % é a defasagem que as distribuidoras dizem ter e querem receber?...

Coisinha pouca, eles querem apenas mais 28% de reajusta.

Eita, saco sem fundo.

 

Sabe o?...

China e Rússia anunciam nova Ordem Mundial

 Em declaração conjunta os presidentes da Rússia (Vladimir Putin) e da China (Jin Xinping) anunciam nova estrutura internacional e proclamam o nascimento do mundo multipolar. Hoje sexta-feira (4) de fevereiro de 2022 é um dia histórico. Confira abaixo o comunicado oficial divulgado pelos dois países:

A Federação Russa e a República Popular da China declaram o seguinte.

Hoje, o mundo está passando por mudanças importantes, e a humanidade está entrando em uma nova era de rápido desenvolvimento e profunda transformação. Vê o desenvolvimento de processos e fenômenos como multipolaridade, globalização econômica, advento da sociedade da informação, diversidade cultural, transformação da arquitetura de governança global e ordem mundial; há crescente inter-relação e interdependência entre os Estados; surgiu uma tendência à redistribuição do poder no mundo; e a comunidade internacional mostra uma demanda crescente por lideranças visando um desenvolvimento pacífico e gradual. Ao mesmo tempo, à medida que a pandemia da infecção pelo novo coronavírus continua, a situação de segurança internacional e regional está se complicando e o número de desafios e ameaças globais está crescendo dia a dia. Alguns atores que representam a minoria na escala internacional continuam a defender abordagens unilaterais para abordar questões internacionais e recorrer à força; interferem nos assuntos internos de outros Estados, infringindo seus direitos e interesses legítimos, e incitam contradições, diferenças e confrontos, dificultando o desenvolvimento e o progresso da humanidade, contra a oposição da comunidade internacional.

Dilma sempre esteve certa

Quando os militares deram o golpe em 31 de março de 1964, Dilma Rousseff lutou contra o golpe. Foi presa e tortura, mas continuou defendendo suas ideias e ideais. Leia o post na íntegra no Blog do Briguilino

Twitter da manhã

A presidenta Dilma Rousseff (PT) poderia ter comprado apoio — deputados e senadores —, mas não comprou. O ex-presidente Lula (PT) poderia ter pedido asilo político para não ser preso, mas não pediu. O PT poderia ter apoiado Eduardo Cunha na comissão de ética da Câmara Federal, mas não apoiou. Nada melhor que o tempo para mostrar quem sempre esteve do lado certo da História. @PedroRonchi2

 

Frase do dia, por Vera Magalhães

Lula pode ter todos os problemas que tem e que parcela de eleitores, vê nele e no PT.  Mas é o político brasileiro que tem o maior legado de enfrentamento da fome e da miséria, além de uma conexão genuína com a realidade da população mais sofrida, pois vem dessa realidade. Isso não há frango, farofa cenográfica ou sobrevoo de má vontade a, áreas de tragédias que transplante.

Vera Regina Magalhães dos Santos Cabral - jornalista, radialista, colunista, comentarista e apresentadora da CBN (Brasil).







Oração da manhã, por Orlando Souza

Orlando Souza 

Barroso confessa que foi golpe, com stf com tudo

 Luís Roberto Barroso, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) confessa que endossou um golpe. O STF falhou no seu papel no sistema de freios e contrapesos. O Brasil não é parlamentarista para derrubar governo por motivo político. Isso se faz nas urnas. Além do judiciário a maioria da grande(?) imprensa também apoiou um golpe parlamentar. Deu no que deu. Um verme desgovernando o país. 


Instinto de sobrevivência, por Francelino Paes

 Certa vez, quando eu tinha por volta de 20 anos de idade e era militar, meu carro enguiçou bem na saída do Túnel Noel Rosa em Vila Isabel, sentido Jacarezinho. Parei o carro e chamei o mecânico. Enquanto aguardava, fui abordado pela Polícia de arma em punho. Me identifiquei, expliquei que o carro estava enguiçado e continuei esperando.

Depois fui abordado por 2 menores, com arma e faca, perguntando quem eu estava esperando, se era o fulano de tal. Expliquei que não! Somente estava esperando socorro, porque o carro tinha tinha quebrado. Mas o susto foi tão grande, que tive a clara percepção do grande perigo de vida que eu estava correndo. Imaginem se os menores descobrem que eu era militar?
Após os menores irem embora, recolhi o triângulo, tirei o carro da calçada empurrando, com a porta meio que aberta, consegui ganhar velocidade, me joguei dentro do carro, dei o tranco e o carro pegou, fraco, mas o suficiente para me tirar dali e chegar até a oficina.
Depois, nem eu mesmo acreditei no que eu tinha feito! Conclui: contando com a proteção de Deus, foi o instinto de sobrevivência, que fez com que eu agisse, fazendo algo que eu não acreditava que fosse possível!
Amigos, atualmente creio que estamos nessa mesma situação: INSTINTO DE SOBREVIVÊNCIA!
Tenho acompanhado algumas discussões partidárias, entre PT, PDT, PSOL, PSDB, MDB, e diversos outros partidos, brigando para ver quem apoia quem! Brigando para decidir quem será candidato. Vejo também algumas pessoas afirmando que não gostam desse ou daquele político, isso tudo desprezando o que mais importa nesse momento: ganhar da extrema-direita e do bolsonarismo que governa o Brasil! Ou melhor, pensa que governa (mas não porque a esquerda, a oposição ou os ex amigos não deixam, não governa porque simplesmente não tem competência).
Alguns criticam a possível chapa Lula - Alckmin. Outros dizem que Lula está muito mais ao centro do que à esquerda....Creio que precisamos aprender uma coisa, pelo menos essa única coisa com os bolsonaristas: quem não está com eles, é tudo farinha do mesmo saco! Já chamaram até o General Santos Cruz de esquerdista...(rsssss). Todos que não apoiam esse Governo, deveríamos aprender: ESQUERDA ou COMUNISTA ou SEJA O QUE FOR, temos que nos unir em torno de uma única candidatura.
Na cena do filme O Gladiador, anexado abaixo, o Comandante do Exército da plebe - seu nome era Maximus - ao entrar no coliseu para lutar com o Exército do Imperador (que tinha ampla vantagem de tropa, cavalos, carros, armamentos), diz o seguinte: " O QUE QUER QUE SAIA DAQUELA PORTA, TEREMOS MAIS CHANCES DE SOBREVIVER SE TRABALHARMOS JUNTOS!
Igualmente, precisamos nos unir em torno de uma única candidatura. E penso que já no primeiro turno! E lógico, aquela candidatura que esteja melhor posicionada nas pesquisas. Nas eleições de 2026 podem ter 50 candidatos, mas nesse momento - em 2022, precisamos nos unir e ser cirúrgicos. Estamos em desvantagem... O bolsonarismo tem a máquina pública na mão. Estarrecido, ouvi nessa semana o Ministro do Governo João Roma dizer que mesmo quem estiver trabalhando com carteira assinada, continuará a receber o auxílio Brasil, numa espécie de bônus de R$ 200,00. Isso é a máquina pública que vai trabalhar arduamente nesse último ano, para obter votos. No final de 2020 / inicio de 2021, suspenderam o auxílio deixando milhões de pessoas com fome em plena fase mais grave da pandemia. Agora em ano eleitoral, até quem estiver trabalhando com carteira assinada, terá auxílio. Estão confiando na memória fraca do povo e em nossa falta de unidade.
Quanto mais divididos aqueles que não apoiam esse Regime estiverem, mais forte o bolsonarismo estará. Não serão poupadas as fake news, histórias mirabolantes, etc. Por isso, é chegado o momento de se ter maturidade política, desprendimento e senso coletivo..... Por puro INSTINTO DE SOBREVIVÊNCIA, cada um precisa empurrar o carro, dar velocidade, dar um tranco, fazer o motor pegar e fugir da situação caótica e perigosa que nos encontramos.
Mais uma vez as pesquisas mostram LULA na liderança! Vamos nos unir em prol dessa candidatura urgentemente! Junto com Lula nesse momento, na minha visão, podem estar: Alckmin, Ciro, Simone Tebet, Boulos e tantos outros..... Creio que tirando Bolsonaro , seus apoiadores e Moro e seus apoiadores, deve-se construir uma frente ampla em prol da democracia e da Nação!
Porque simplesmente o Brasil não suporta mais 4 anos desse jeito!!!!!!

Francelino Paes