Antiraças

Aniversário de Dilma Roussef

Símbolo de honestidade, honra e dignidade na política e na vida a ex-presidenta Dilma Roussef (PT) completa 74 anos de vida dedicados ao Brasil. 

Primeira mulher a exercer o cargo de presidente da República a Honesta Dilma Roussef foi derrubada por um bando de ladrões apoiados pela grande imprensa e agiotas nacionais e internacionais.

Derrubada no dia 12 de maio de 2016 pela Câmara dos deputados e depois pelo Senado em 31 de agosto -mês do desgosto - do mesmo ano.

Em discurso histórico ela alertou qual era o projeto de destruição dos golpistas: retirada de direitos trabalhistas e previdênciarios, entrega do pré-sal e da Petrobras, quebra do setor de engenharia brasileira, perda da soberania e desmonte das estruturas de combate a corrupção.

Brasil 247 - Após o afastamento de Dilma, o poder foi exercido pelo usurpador Michel Temer, que se rodeou dos políticos mais corruptos do Brasil, como Geddel Vieira Lima, e depois por Jair Bolsonaro, que vem destruindo a economia e a imagem internacional do Brasil. O ex-juiz Sergio Moro, que criou as condições para o golpe de 2016 ao quebrar grandes empresas brasileiras e destruir 4,4 milhões de empregos segundo o Dieese, disputa hoje a presidência da República depois de ser declarado parcial e suspeito pelo Supremo Tribunal Federal.

Dilma foi afastada do poder porque não aceitou se render ao projeto da "ponte para a futuro", choque neoliberal que teve como consequência a volta da fome, da pobreza e o aumento vertiginoso da concentração de renda no Brasil. Por este motivo, ela será sempre lembrada como um símbolo de grandeza e dignidade na política brasileira. Confira, abaixo, o vídeo em que ela alertou para a destruição que viria após sua derrubada pelas forças mais pérfidas da sociedade brasileira.


Tudo que Dilma previu nesse discurso infelizmente se tornou realidade.



2 comentários:

Joel Leonidas disse...

Parabéns Dilma Roussef, muita saúde e força para continuar honrando este país que tem uma elite ecônomica que não merece. Mas tem um povo que merece sim. Felicidades!

Fabiano França disse...

O Mandato precisa ser devolvido a Dilma Roussef. É um erro histórico não fazê-lo. Parabéns Dilma Roussef!